menu

Image Map

20 de dezembro de 2013

Testei-Linha Clearskin da Avon antiacne corporal



Olá queridas e queridos,
Hoje eu vim falar de um produto que eu estou usando para acabar com as espinhas nos ombros e nas costas.


Bem, na minha adolescencia tive muita acne em todo o corpo, principalmente no rosto, costas e ombros. Com o passar do tempo fui controlando o problema mas ultimamente começaram a aparecer nos ombros e costas novamente. Eu acho muito feio, e ai comecei a pesquisar sobre o assunto, foi ai que encontrei dois produtinhos que estou amando.




É um sabonete líquido corporal antiacne da Avon da linha Clearskin e um spray corporal antiacne. Ambos possui ácido salicílico (2.0%) na sua formula. O sabonete promete reduzir a acne do corpo, ajuda a eliminar as marcas causadas pela acne e auxilía na prevenção do surgimento de novas marcas. Sua formula é oil-free (livre de óleos) e proporciona uma sensação de refrescância e maciez na pele. É indicado usar durante o banho com a pele úmida fazendo movimentos circulares nas áreas afetadas e deixar agir por 30 segundos enxaguando em seguida.

A loção penetra nos poros ajudando a reduzir a acne a eliminar as marcas causadas pela acne e auxilía na prevenção do surgimento de novas marcas. Sua formula é oil-free (livre de óleos). É indicada a usar de uma a três vezes ao dia.


Bom, eu gostei do resultado, é claro que não eliminou 100% das acnes e é claro que as vezes aparecem uma ou outra espinha chatinha no ombro, mas, ajudou bastante a diminuir o problema. Digamos que reduziu 65% da acne. Eu também não usei o produto certinho todos os dias, e sem contar que existe uma série de fatores causadores da acne que precisam ser avaliados por um médico.

Porém eu recomendo o uso do produto é bastante eficaz. Bem pessoal é isso eu só queria compartilhar com vocês a minha experiência com o uso dessa linha Clearskin, eu acho que paguei cerca de  R$ 14,00 eu não me lembro (rsrsrs) mas foi baratinho.





Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Propaganda